A VIDA NAS PALAVRAS DE INÊS TAVARES


Alice Vieira
Inês Tavares no Natal pediu à avó um “i-pod” e ela ofereceu-lhe um diário. Inês perguntava-se para que seria aquilo? Que utilidade tinha? Ficou muito tempo a olhar para a palavra “Diário”. Dizia que era só papel, clicava em todas as páginas e não se abria nenhuma pasta nem se ouvia nenhuma música. Aos poucos sem se aperceber foi escrevendo imensas coisas. Escreveu por que razão lhe tinham dado o nome Inês, as suas férias no Algarve, a zanga entre a Avó Gi e a Avó Sara, qual era o mês de que menos gostava, que as suas grandes paixões eram chocolate e o Brad Pitt, quem eram os seus amigos. Enfim, afinal o diário dava para tanta coisa, principalmente para guardar os seus segredos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: