OS OLHOS DE ANA MARTA

Alice Vieira
Marta vive um drama: será Flávia a sua verdadeira mãe? Passou a infância sem que a mãe a tratasse pelo seu nome ou a beijasse; o pai, distante, estava sempre preocupado com a saúde da mãe. Os afectos vinham da empregada Leonor, que tudo sabia sobre o passado daquela família e que, enigmaticamente, se referia à Grande Fatalidade e à Outra-pessoa. Um dia revela à menina que um acidente de automóvel tinha roubado a vida à sua irmã Ana Marta e que, desde esse momento, a mãe passara a viver fechada em casa e a recusar a morte da filha. A aceitação da verdade, por parte de todos, leva finalmente Marta e Flávia a olharem-se: a mãe trata pelo nome próprio a filha e esta já pode amar a irmã que não conheceu.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: